Serra Negra

Para te ajudar a curtir essa experiência,

separei algumas dicas e informações sobre o nosso novo local , o que levar, o que fazer e onde comer.

Desde maio estou acampada em Serra Negra, um distrito do município de Bezerros, que fica localizado a 103 km do Recife. Com cerca de 900 metros de altitude e uma paisagem belíssima, a região é um Brejo de Altitude, uma espécie de “ilha” de floresta úmida dentro de uma região semi-árida, o que proporciona um clima agradável, especialmente no inverno, período no qual estarei por lá.

Estou posicionada no alto de uma serra, dentro da mesma propriedade onde está localizado o Laus –  um delicioso e charmoso bistrô.

A novidade desta temporada é um Yurt que está no meu quintal, equipado como lounge para oferecer mais uma opção de abrigo para os meus hóspedes, sobretudo nos dias chuvosos, e que pode acomodar mais 1 casal. O Yurt é uma adaptação moderna das cabanas usadas tradicionalmente pelos nômades da Ásia central, uma mini tenda circular feita de madeira e lona que inclui um futon, almofadas gigantes e muito aconchego.

No quintal, tenho uma estrutura de apoio externa com chuveirão, mesa de picnic, churrasqueira, área de fogueira, parquinho infantil, banheiro com chuveiro elétrico e uma cozinha externa com geladeira, e itens básicos de campismo.

Escolhi o Laus como nosso anfitrião deste inverno devido à sua linda vista panorâmica da Serra Negra e pela segurança e exclusividade do local.

A oportunidade de poder oferecer aos meus hóspedes o acesso à cozinha afetiva do Laus (a apenas 5 min de caminhada), foi também um fator decisivo na escolha do novo local. Meus hóspedes poderão experimentar a cozinha do bistrô (somente aos fins de semana, e mediante reserva) e também usufruir de áreas externas da propriedade, como o seu lindo jardim, mirante e pista de bocha.

O que fazer em Serra Negra:

  • Curtir o povoado, passear pelas ruas de Serra Negra.
  • Visitar e fazer as trilhas do Parque ecológico, da Caverna do Deda e da Mata Vertentes, passando pelos principais pontos turísticos: a Pedra cortada, a Gruta do Amor, a Porta dos Ventos e o Pau Santo Casamenteiro.
  • Conhecer a Rota do Café (contactar Guia Turístico da região).
  • Visitar o polo Cultural Serra Negra para conhecer o anfiteatro e contemplar a vista panorâmica ao pôr-do-sol.
  • Conhecer o Sítio da Pedra solta.
  • Conhecer o Memorial Jota Borges em Bezerros. www.instagram.com/memorialjborges
  • Conhecer o ateliê de Lula Vassoureiro em Bezerros.
  • Conhecer o Centro de Artesanato de Pernambuco em Bezerros. www.artesanatodepernambuco.pe.gov.br
  • Visitar uma plantação de morangos, podendo colher morangos frescos pra levar. www.instagram.com/morangos.serranegra
  • Caminhar pela propriedade, pegar lenha para fazer uma fogueira (indicaremos o local permitido no ato da reserva).
  • Ouvir e observar os diferentes pássaros da região.
  • Desligar o cel e curtir o céu.

Onde comer em Serra Negra:

Contatos:

O que levar:

  • Roupa de cama e banho.
  • Esponja e pano de prato.
  • Protetor solar, repelente, anti-alérgico.
  • Máscara, álcool em gel ou álcool 70%.
  • Galocha ou sapatos próprios para caminhada.
  • Guarda-chuva ou roupas impermeáveis
  • Máscara de olhos para dormir (o sol nasce cedo na serra).
  • Água mineral (entretanto, temos um filtro daqueles tradicionais de barro).
  • Carvão e acendedor para fogueira e churrasqueira.
  • Jogos de cartas e de tabuleiro (ex: baralho, dama, l.do, uno).
  • Lanterna.

O que não precisa levar

  • Preocupações.
  • Café, sal de cozinha, sal grosso, pimenta-do-reino, açúcar.
  • Detergente, papel higiênico e papel toalha.
  • Coisas em excesso: em camping, menos é mais. 🙂

%d bloggers like this: