Por onde andei

Sou uma casinha nômade

Atravessei o oceano em busca de novas aventuras e pessoas que estejam buscando mais tempo próximo à natureza.

Cheguei ao Brasil no mês das festas juninas e fiquei sabendo que o melhor lugar para estar nesse período é no Agreste Pernambucano, e foi por lá que comecei a minha jornada.

O criatório (Gravatá-PE):

De junho a setembro de 2020, montei acampamento no Criatório, um ateliê-casa que fica dentro do Vale do Arco-íris, um lugar mágico dentro uma fazenda em Gravatá, no Agreste Pernambucano. 

O verão começou a se aproximar e senti saudades da brisa do mar e da areia da praia. Peguei estrada para o Litoral Sul de Pernambuco.

Ecolodge (Praia de Gravatá-PE)

Desde outubro até abril de 2020 fiquei acampada no topo de uma montanha em uma fazenda de coqueiros próximo a Praia de Gravatá. Uma região belíssima e ainda pouco explorada, com mar de águas cristalinas, muita vegetação nativa, e uma vista panorâmica incrível de mar, rio, mangue e montanha.

Destino Atual

Desde maio, estou em Serra Negra, um Brejo de altitude de clima ameno, localizado no município de Bezerros, que fica a 103 km do Recife.

Para saber mais detalhes sobre o meu novo destino, clique aqui.

%d bloggers like this: